Aerodinâmica Automotiva.


A força de atrito de arrasto aerodinâmico aumenta significativamente com a velocidade do veículo. Os veículos modernos estão adaptados com sistemas aerodinâmicos no sentido do carro desempenhar curvas com maior segurança, mesmo em altas velocidades, visto que os automotivos ficam mais fixados ao solo.

No início da década de 1920, os engenheiros começaram incentivar pesquisas tecnológicas no sentido de reduzir o arrasto aerodinâmico em altas velocidades proporcionado pelos automóveis. Em meados de 1950, os cientistas alemães e britânicos incluíram nas preocupações o som emitido por automóveis em alta velocidade.
Estes efeitos foram entendidos para aumentar a intensidade dos níveis sonoros para terreno adjacente. Logo os engenheiros começaram a projetar estradas para considerar os efeitos de velocidade de arrasto aerodinâmico, considerado os mesmos fatores de concepção dos veículos.

Os principais objetivos da aerodinâmica são: Reduzir o arrasto e ruído do vento, minimizando a emissão de ruído e prevenindo indesejáveis forças e outras causas de instabilidade aerodinâmica em altas velocidades. Para algumas classes de veículos de corridas podem também ser importante para a produção de pressão no sentido de melhorar a tração e desempenhar curvas com maior capacidade e segurança. Alguns críticos apontam que Ayrton Senna morreu em consequência do problema de aerodinâmica do seu carro Willians.

Aerodinâmica de automóveis é estudada por modelos de computador e testes de túnel de vento. Para obter resultados mais preciso as baterias nos túneis são equipadas com estradas de rolamento. Trata-se de um pavimento móvel para a secção de trabalho, que se move com a mesma velocidade que o fluxo de ar. Isto evita que uma camada se limite de formar no chão da secção de trabalho e afete os resultados.
Coeficiente de Arrasto (CD) é classificação comumente publicada da suavidade aerodinâmica do carro Multiplicando C e D pela área frontal do carro é possível conquistar resultado do índice de arrasto total. Largura e altura dos carros curvilíneos levam à superestimação bruta da área frontal.

Diferenciais Da Aerodinâmica Nos Carros De Corrida?
Designers podem aplicar certas técnicas à aerodinâmica de carros de corrida trabalhar em favor dos pilotos. Veículos de competições são concebidos com asas invertidas, tecnologia que funciona para pressionar o automóvel para baixo. Isso ajuda para que os veículos ganhem velocidade rapidamente, sem contar que permite trabalho mais rápido por parte do sistema de freios.

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=A3GAZlUf4Ow