Vidro Temperado e Laminado.

A grande maioria dos carros tem dois tipos diferentes de vidros: os temperados e os laminados. Em nome da segurança, é a resistência de cada um que determina onde eles devem estar. 

No Brasil, a lei determina que os vidros laterais e o traseiro dos veículos sejam pelo menos temperados. Quando quebrado, esse tipo de vidro produz estilhaços arredondados e não pedaços pontiagudos ou cortantes como acontece com os vidros comuns. Essa tecnologia eleva a segurança e evita que, em caso de acidentes, os ocupantes do carro sejam feridos com gravidade.

Já no para-brisa, a lei determina que o vidro seja laminado. Ele é feito com uma camada de vidro, uma película de plástico especial e por cima outra chapa de vidro. São as batidas frontais que causam os ferimentos mais graves. A laminação garante que o para-brisa mantenha a unidade mesmo depois de quebrado, evitando a propagação de estilhaços e proporcionando mais segurança para motorista e passageiro.